Pr

ELI SOUZA JÚNIOR, PASTOR.

QUEM É?

Desde o término do ministério do Pr. Joarês Mendes de Freitas como Pastor Titular da PIBJC, em outubro de 2016, a Comissão de Transição Pastoral tem orado intensamente para que Deus revele à PIBJC a sua vontade em relação à indicação do futuro pastor. Estamos certos de que Deus tem dado aos nossos pastores uma visão eclesiástica singular, fundamentada nos valores do Reino de Deus e adequada ao contexto cultural da nossa comunidade.  Essa visão tem sido confirmada no coração da nossa liderança, hoje aliançada e coesa, no cumprimento da missão que Deus tem nos dado para este tempo.

Com base nesta convicção, a Comissão definiu um perfil ministerial baseado em princípios bíblicos e também no levantamento das características e demandas prioritárias da PIBJC. Esse perfil, apresentado publicamente pela Comissão e amplamente discutido em assembleia, foi utilizado como parâmetro para a avaliação dos indicados.

Agora chegou a hora de apresentarmos, com muita alegria, o resultado deste minucioso trabalho.  Buscamos identificar um líder cuja visão ministerial se aproximasse o máximo possível da direção que Deus tem dado à PIBJC. Além disso, era fundamental que ele acumulasse experiências na implementação de ações com as quais nossa igreja tem sonhado desde a elaboração do Planejamento Estratégico, tais como o fortalecimento da visão de discipulado nas células, a sistematização de um programa de formação e desenvolvimento de líderes, a ampliação do envolvimento de ministros voluntários no serviço cristão e a expansão missionária.

Assim chegamos à indicação do nome do Pr. Eli Souza Júnior, que agora submetemos à apreciação de toda a igreja. Natural de Campo Grande (MS) e nascido em lar cristão, fez a sua decisão por Cristo ainda na infância, tendo sido batizado aos 8 anos, na PIB de Campo Grande. É casado há 22 anos com a Suene Souza, pastora, companheira e auxiliadora atuante no ministério. O casal tem 3 filhos: Pedro, com 20 anos, Pietra, com 18 e Paola, com 13 anos.

O Pr. Eli viveu sua infância e juventude na PIB de Campo Grande, onde recebeu o seu chamado para o ministério pastoral ainda muito jovem.  Sua ordenação ao ministério da Palavra aconteceu em 1995.

Desde então, liderou por 5 anos a Igreja Batista do Jardim Serradinho.  Depois disso, foi pastor da área de Família na PIB Campo Grande até que em 2001 assumiu o pastorado titular da Igreja Batista Memorial de Campo Grande (IBM), onde vem realizando um ministério muito abençoado, ao lado de uma grande equipe de pastores e ministros. O Pr. Eli tem também atuado na esfera denominacional como membro do Núcleo Gestor da Convenção Batista Sul-mato-grossense desde 2009 e também como Presidente da Associação Centro das Igrejas Batistas do Mato Grosso do Sul desde 2016.

Sob a liderança do Pr. Eli, a IBM vem experimentando um expressivo crescimento. Ao assumir o ministério em 2001, a Igreja tinha 120 membros. Atualmente, são aproximadamente 1.500 membros, dos quais 287 congregam nas 3 extensões da igreja, localizadas em bairros distantes do centro da capital.  A igreja tem ainda 5 igrejas-filhas, das quais 4 foram organizadas durante o ministério do Pr. Eli.

Na análise da sua trajetória ministerial, destacamos cinco aspectos que consideramos prioritários:

1)  Valorização  da vida em células e do discipulado como princípios fundamentais.

 

2) Visão missionária abrangente que levou a IBM a ajustar o seu modelo orçamentário para investir muito mais em Missões, envolvendo Despertamento, Treinamento, Envio e Sustento de Vocacionados.  O Pr. Eli defende que a saúde de uma igreja não é medida pela sua capacidade de receber pessoas, mas sim pela determinação que tem para enviá-las.

 

3) Ênfase no princípio da liderança multiplicadora, que leva cada líder, quer seja na célula ou no ministério corporativo, a priorizar a própria formação e a capacitação de novos líderes.

 

4) Estímulo constante à prática da adoração e intercessão como estilo de vida por parte de toda a liderança.

 

5) Gestão administrativa em equipe, focada em objetivos, metas e indicadores de desempenho ajustáveis às necessidades da igreja.

Nesta etapa do processo teremos uma agenda de encontros que possibilitarão a cada membro da igreja o acesso direto ao pastor para esclarecimentos acerca de cada um dos aspectos aqui apresentados e muito mais. A participação livre e esclarecida de cada membro da igreja neste processo decisório vai definir o encaminhamento das etapas seguintes.  Trata-se de um importante momento histórico na vida da PIBJC, que requer a participação ativa de cada um de nós, numa atitude de total dependência de Deus, para que possamos discernir a Sua soberana vontade. Conclamamos cada membro da igreja a prosseguir orando por esse processo.

A Comissão de Transição Pastoral continua à disposição dos irmãos para informações e esclarecimentos pelo e-mail

transicao@pibjc.org

Calendário – De 11 a 15 de agosto na PIBJC

11/8 (Sexta)
-Culto de Mulheres (20h)

12/8 (Sábado)
-Culto dos Jovens e Adolescentes (20h)

13/8 (Domingo)
-Aulão e Entrevista (10h às 11h:30)

14/8 (Segunda)
-Diáconos (18h)
-Min. Intercessão (19h30)

15/8 (Terça)
-Equipes Administrativa e Ministerial
-Terça Mais (19h:30)

Redes Sociais: